Existe mais poesia no olhar de quem ama de que em mil poemas que se escrevam, mas nem por isso devemos deixar de escrever mil poemas para mostrar ao mundo o que esse olhar dizia... assim nasce o meu humilde blog de poesia...
poetrycafe
Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2007

...

Image Hosted by ImageShack.us

És bela, ó imortal!
derramas, cruel, teu véu sombrio e atormentado
sobre meu horizonte oscilante entre o bem e o mal,
só para eternizar, em mim, teu olhar de céu nublado.
És a estátua helênica que cinzelei em meu inverno nevado
Aniquilas, ó anjo ardiloso, com teu colo de ninfa fatal
teu escultor, atravessando-lhe com um afiado punhal,
que mesmo sangrando, segue idolatrando teu ato alucinado

És bela, ó anjo sedutor!
Sublinhas, impiedosa, as palavras que corroem meu verso
dentro de minha poesia, transbordante de melancolia e dor,
só para descobrir-se musa sublime de meu delirante universo.
És a beleza que ofusca meu noturno olhar!
Enegreces, minuciosa, as rosas pálidas do meu seleto jardim,
e perfura-me com espinhos, só para meu coração machucar,
para depois, conduzi-lo a um êxtase sem fim

                    Adaptação...F.Neto

 


publicado por efeneto às 01:01
link do post | comentar | favorito

*sou eu...

*Já viu as horas?...

email27efeneto@sapo.pt

oferecido por:

http://estrelademim.blogs.sapo.pt/

*links

*posts recentes

* Mudança...

* Receber... e Dar.

* SÓ TU DOCE CRIANÇA

* Dia Mundial da Criança...

* Poesia... Sonhos e Verdad...

* RUÍNAS

* OLHO DE PERTO A TRISTEZA.

* Melancolia

* LÓLINDIR TINÚVIEL

* Uma Canção feita de Mim

* Para ti Mãe…

* VIDA NUMA LÁGRIMA PERDIDA

* Hei, Pai!...

* ...Poeta castrado, não!.....

* Libertação...ccc

* ...ter-te...

* A menina, o pássaro e a f...

* Sei que a Primavera vai d...

* Le temps d`un instant...

* O Vento...

*os meus blogs





Link-me!

*arquivos

* Junho 2007

* Maio 2007

* Abril 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

* Janeiro 2007

blogs SAPO

*VISITAS OBRIGATORIAS