Existe mais poesia no olhar de quem ama de que em mil poemas que se escrevam, mas nem por isso devemos deixar de escrever mil poemas para mostrar ao mundo o que esse olhar dizia... assim nasce o meu humilde blog de poesia...
poetrycafe
Sábado, 5 de Maio de 2007

Para ti Mãe…

Introdução: Vai ser Dia da Mãe. Mas, eu não tenho mãe, no Bilhete de Identidade está "filho de mãe incógnita". Mas tenho uma MULHER a quem chamo MÃE desde os 3 anos de idade e chamarei MÃE até ao fim da minha existencia. Julgo que pela primeira vez na vida vou ser egoísta e dedicar este poema só a ela. Á MINHA MÃE...

Se um dia não te puder dizer

Que te beijei mil vezes em sonho

E que ajoelhado perante o impossível

Te pedi mil vezes perdão,

                               

                                   APESAR DISSO CANTA....

Se te fiz curvar a cabeça derrotada

Perante a altivez da minha voz amarga

Essas lágrimas em fio choradas

Não te fizeram sentir os meus remorsos,

                                  APESAR DISSO CANTA...

Se tu não acreditares que em mim se adianta

A tortura de não te poder dizer tudo isto

Porque a garganta se me seca e se contrai

E te manténs considerando-me ingrato,

                                  APESAR DISSO CANTA...

Porque elevada a tua voz

Me nasceram forças para te dizer

                                 PERDOA-ME MÃE!

barfolh7barfolh7barfolh7

Pour toi, mère

 

Si un jour je ne peux te dire

Que mil fois je t`ai embrassé en rêve

Et qu`à genoux face à l`impossible

Mil fois je t`ai demandé pardon

 

Malgré tout chante...

 

Si je t`ai fait courber vaincue

Face à la fierté de ma voix amère

Ces larmes en fil pleurées

Ne t`ont pas fait sentir mes remords

 

Malgré tout chante...

 

Si tu ne crois pas qu`en moi s`avance

La torture de ne pouvoir tout te dire

Parce que ma gorge sèche et se contracte

Et tu te maintiens et me considère ingrat

 

Malgré tout chante...

 

Une fois élevée ta voix

Me sont nées des forces pour te dire

 

Pardonne-moi, mère!

                                                                                F. Neto

(Queria agradecer á minha amiga Manuela pela tradução.)

 


publicado por efeneto às 11:17
link do post | comentar | favorito
12 comentários:
De ஜॐ♥ஜ___Estrelinh@___ஜॐ♥ஜ a 5 de Maio de 2007 às 20:14
maravilhoso amigo ...maravilhoso beijinho e um bom dia da mae que o passes junto da tua se possivel


De efeneto a 7 de Maio de 2007 às 14:16
Obrigado amiga pelas palavras. Que continue a ser a MULHER que é...efeneto


De 100censura2007 a 5 de Maio de 2007 às 20:21
Hoje posso dizer que foi um dia especial para mim,
conheci um poeta de palavras ternas e verdadeiras, que toca a nossa alma,nossos sentidos; Este poema para tua mãe é perfeito Efeneto, belo, doce e possuidor de uma força poderosa - o amor. Será sempre um prazer vir aqui fazer leitura dos teus escritos.
Beijo comsentido,


De efeneto a 7 de Maio de 2007 às 14:19
Obrigado pela visita e esta página está aberta 24 horas por dia. Volte sempre que quiser e sirva-se á vontade das palavras aqui publicadas. Abraço ou beijo conforme escolher. efeneto.


De manuela a 5 de Maio de 2007 às 21:26
Uma bela homenagem de palavras sofridas mas sinceras...não tens medo de expor os sentimentos...ser homem é assim..evidenciar o lado feminino, o lado mais sentimental...mas poucos o fazem, infelizmente! uma noite doce...


De efeneto a 7 de Maio de 2007 às 14:23
Obrigado pelas tuas palavras. Todo o homem tem a "outra face", a minha é esta. Não vale a pena esconder os sentimentos que possuimos pois eles depois de morrer-mos não valem de nada. Beijo doce de amizade. efeneto.


De Eärwen Tulcakelumë a 5 de Maio de 2007 às 23:32
Meu amigo, mais uma vez me deixas sem palavras diante de uma declaração de amor tão linda. Você sabe muito bem que eu acho lindo quando um homem tem sensibilidade suficiente para escrever algo de tamanha magnitude e sem medo de expor seus verdadeiros sentimentos.
É meu amigo, e eu como mãe me sinto emocionada e feliz ao ler tamanho sentimento.
Que Deus permita que em ti nunca falte este "dom" que é , com certeza o maior presente de Deus.
Deixo-te pérolas incandescentes de amizade, agradecimento, carinho, retiradas do mar que no meu mundo corre.
Sua amiga,
Eärwen

P.S.: BEJIO ENORME PARA AS MÃES!!!!!


De efeneto a 7 de Maio de 2007 às 14:27
Bem. Para si amiga apenas um beijo de amizade. Vou tentar não desiludir a(s) minha(s) amiga(a). Beijo doce e espero brevemente uma pérola sua para colocar nesta página. efeneto.


De Genny a 7 de Maio de 2007 às 10:03
Trés beau poème ! Merci de nous le faire partager en français !

beijinhos


De efeneto a 7 de Maio de 2007 às 14:31
Merci pour la visite. Il revient toujours. efeneto


De Marta a 8 de Maio de 2007 às 06:52
Simplesmente adorei... a forma como imagino que as palavras foram fluindo faz-me realmente acreditar que existem coisas verdadeiramente belas. Não estaria a ser sincera se não dissesse que este maravilhoso e profundo sentimento me emocionou...
Muito bonito mesmo... de vez em quando sabe tão bem ler algo e vermo-nos reflectidos nesse mesmo algo! Lindíssimo, muito bonito mesmo... obrigado pelo momento, ainda que indirectamente, me proporcionou ao ler as suas palavras. =)


De sofia a 28 de Abril de 2008 às 14:43
está muito bonito. já o vou dar à minha mãe no dia dela...obrigada!!!

continua com o bom trabalho
gostei de tudo o que vi nesta página.!


Comentar post

*sou eu...


* ver o meu perfil

* seguir perfil

. 8 seguidores

*Já viu as horas?...

email27efeneto@sapo.pt

oferecido por:

http://estrelademim.blogs.sapo.pt/

*links

*posts recentes

* Mudança...

* Receber... e Dar.

* SÓ TU DOCE CRIANÇA

* Dia Mundial da Criança...

* Poesia... Sonhos e Verdad...

* RUÍNAS

* OLHO DE PERTO A TRISTEZA.

* Melancolia

* LÓLINDIR TINÚVIEL

* Uma Canção feita de Mim

* Para ti Mãe…

* VIDA NUMA LÁGRIMA PERDIDA

* Hei, Pai!...

* ...Poeta castrado, não!.....

* Libertação...ccc

* ...ter-te...

* A menina, o pássaro e a f...

* Sei que a Primavera vai d...

* Le temps d`un instant...

* O Vento...

*os meus blogs





Link-me!

*arquivos

* Junho 2007

* Maio 2007

* Abril 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

* Janeiro 2007

SAPO Blogs

*VISITAS OBRIGATORIAS