Existe mais poesia no olhar de quem ama de que em mil poemas que se escrevam, mas nem por isso devemos deixar de escrever mil poemas para mostrar ao mundo o que esse olhar dizia... assim nasce o meu humilde blog de poesia...
poetrycafe
Quarta-feira, 2 de Maio de 2007

VIDA NUMA LÁGRIMA PERDIDA

Pelas ruas estreitas da madrugada

perdido nesta bruma incompleta

do sonho e da meditação,

meus passos arrastados

respiram minutos de solidão.

Vestido de nostalgia

a ternura cálida

dum amor consciente.

Sinto-me só,

só, nesta madrugada fria

só, sem o calor dos teus lábios meigos

só, sem o delírio dos teus lábios ardentes

só, sem o suspiro do teu corpo diferente.

Queria ser vida!

VIDA NUMA LÁGRIMA PERDIDA

que esta saudade madrasta

as horas da noite arrasta

em milénios de reflexão.

Meu corpo cansado

indiferente aos sorrisos

de lábios comprados,

o teu tão distante deseja.

Num murmúrio escaldante

teu nome desenho sem tinta nem papel

apenas amor me basta!

Amor que é teu

tão teu, mulher querida,

porque apenas tu

em paixão o transformas-te.

                                                                                  F. Neto


publicado por efeneto às 12:52
link do post | comentar | favorito
7 comentários:
De Eärwen Tulcakelumë a 2 de Maio de 2007 às 15:55
Uma lágrima teima em cair ... ah...coração...ninguém comanda não é? Às vezes essa onda nos invade, qual nuvens no céu de tempestade e nos deixa assim, envoltos nas brumas da saudade... acho que o tempo resolveu deixar os corações dos poetas assim repletos de amor e de nostalgia...mas quão felizes somos, pois podemos colocar no papel todo o nosso amor, todo o nosso sentimento... é meu amigo, felizes somos nós que podemos chorar a lágrima sentida em palavras tão lindas.
Que bom saber que existem ainda homens assim, com alma.
Recebe com carinho a pérola incandescente que te deixo de inspiração sempre, retirada do mar de lavas que banha as minhas terras.
Tua amiga,
Eärwen


De manuela a 2 de Maio de 2007 às 21:20
A nostalgia melancólica...o mal de todos os poetas! pessoas sensíveis, sem medo de mostrar o sentimento choroso, de perda ou solidão. Este poema é sofredor mas belo na sua essência...o «eu» solitário, saudoso do amor que jà não tem mas que lhe basta sentir...perfeito.


De Eärwen Tulcakelumë a 4 de Maio de 2007 às 00:13
"Cada pessoa que passa em nossa
Vida é única. Sempre deixa um pouco de si
E leva um pouco de nós".
(Antoine de Saint-Exuperry)

Vim meu amigo, deixar-te esse mimo para que saibas que sempre está no meu coração. Obrigado pelas ótimas conversas.
Grande beijo carinhoso em forma de pérolas incandescentes.
Eärwen


De SOL a 4 de Maio de 2007 às 00:22
Quão maravilhoso poeta vindo visitar minhas noites nebulosas....Que bom meu amigo sentir essa nostalgia de um amor consciente...Cá ou...Lá vive-o...é tão bom amar!PARABÉNS está lindo!


De ஜॐ♥ஜ___Estrelinh@___ஜॐ♥ஜ a 5 de Maio de 2007 às 09:36
bem que dizer ...lindo maravilhoso,passei para te deixar um beijinho doçe com o desejo de um bom fim de semana


De Mara a 14 de Maio de 2007 às 21:03
olha vou ser mt verdadeira, eu chorei com o teu poema é mt mt mt mt mt mt mt mt mt lindo!!!
Eu gosto mt de poemas e acho k este e um dos melhores k eu ja vi, o melhor dos melhores, continua assim e faz melhor se alguma vez for possivel algem cnsegir melhor
!


De efeneto a 14 de Maio de 2007 às 21:43
Obrigado amiga "Mara" pela sua visita a esta minha página. São palavras como as suas que nos fazem escrever para pessoas com sensibilidade como voçê...obrigado e volte sempre...beijo amigo...efeneto


Comentar post

*sou eu...

*Já viu as horas?...

email27efeneto@sapo.pt

oferecido por:

http://estrelademim.blogs.sapo.pt/

*links

*posts recentes

* Mudança...

* Receber... e Dar.

* SÓ TU DOCE CRIANÇA

* Dia Mundial da Criança...

* Poesia... Sonhos e Verdad...

* RUÍNAS

* OLHO DE PERTO A TRISTEZA.

* Melancolia

* LÓLINDIR TINÚVIEL

* Uma Canção feita de Mim

* Para ti Mãe…

* VIDA NUMA LÁGRIMA PERDIDA

* Hei, Pai!...

* ...Poeta castrado, não!.....

* Libertação...ccc

* ...ter-te...

* A menina, o pássaro e a f...

* Sei que a Primavera vai d...

* Le temps d`un instant...

* O Vento...

*os meus blogs





Link-me!

*arquivos

* Junho 2007

* Maio 2007

* Abril 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

* Janeiro 2007

blogs SAPO

*VISITAS OBRIGATORIAS