Existe mais poesia no olhar de quem ama de que em mil poemas que se escrevam, mas nem por isso devemos deixar de escrever mil poemas para mostrar ao mundo o que esse olhar dizia... assim nasce o meu humilde blog de poesia...
poetrycafe
Sexta-feira, 20 de Abril de 2007

O Vento...

 
O vento cospe-me na cara
lágrimas que a chuva já não quer...
 
O vento canta de madrugada
uma doce e sinistra melodia...
 
O vento grita nas tardes cinzentas
aguda e lancinantemente a sua fúria
que se repete continuamente no meu cérebro cansado...
 
O vento despe com ódio mortal as árvores
uma a uma, humilhando-se,
mas já não grita o tapete de folhas mortas
que cobrem a minha alma...
F.Neto                          
 

publicado por efeneto às 22:04
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De manuela a 21 de Abril de 2007 às 08:42
Lindo!! o vento e sua altivez, «(...)chegou o som das árvores ruidosas,elevadas como o vento, em comunhão com o tempo, num tempo inconsolável de amores(...)»mb


De efeneto a 21 de Abril de 2007 às 16:11
Obrigado pelas palavras. São estas palavras que nos fazem continuar a escrever e a sonhar para os outros ouvirem e lerem. Volte sempre, esta página está sempre aberta.. efeneto .


Comentar post

*sou eu...

*Já viu as horas?...

email27efeneto@sapo.pt

oferecido por:

http://estrelademim.blogs.sapo.pt/

*links

*posts recentes

* Mudança...

* Receber... e Dar.

* SÓ TU DOCE CRIANÇA

* Dia Mundial da Criança...

* Poesia... Sonhos e Verdad...

* RUÍNAS

* OLHO DE PERTO A TRISTEZA.

* Melancolia

* LÓLINDIR TINÚVIEL

* Uma Canção feita de Mim

* Para ti Mãe…

* VIDA NUMA LÁGRIMA PERDIDA

* Hei, Pai!...

* ...Poeta castrado, não!.....

* Libertação...ccc

* ...ter-te...

* A menina, o pássaro e a f...

* Sei que a Primavera vai d...

* Le temps d`un instant...

* O Vento...

*os meus blogs





Link-me!

*arquivos

* Junho 2007

* Maio 2007

* Abril 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

* Janeiro 2007

blogs SAPO

*VISITAS OBRIGATORIAS