Existe mais poesia no olhar de quem ama de que em mil poemas que se escrevam, mas nem por isso devemos deixar de escrever mil poemas para mostrar ao mundo o que esse olhar dizia... assim nasce o meu humilde blog de poesia...
poetrycafe
Domingo, 15 de Abril de 2007

"CANTO TRISTE DA FLORESTA"

O mundo não poderia ser melhor, era como se fosse um sonho...ali no interior da floresta a paz reinava. O viajor chegara encoberto pela névoa do amanhecer , sentiu a floresta um tremor, mas ele se mostrara amigo, nele parecia havia um poder, alguns sentiam. E em terras sagradas ele adentrou , mas as terras eram mágicas e a isso ele não reparou.
Receberam-no bem, deram-lhe o abrigo que precisava. Sonhador nato, tinha o dom de a todos encantar com suas palavras quando se dispunha a falar. Às vezes seu canto era triste, parecia dores amargar, grande fardo carregar, mas mesmo assim fazia a todos sonhar... Olhando a multidão um dia, seus olhos com os dela encontrou, a beleza do verde era encantador e a ele a bela inspirou. Os encontros foram muitos, alguns arrebatador, as palavras num tom encantador,  as idéias fluíam como uma nascente... e a filha das terras encantadas  viu nelas a sua canção. Era princesa naquelas terras  não lhe iam enganar o coração.
Os elfos avisaram , as ninfas também, mas , encantada estava envolvida , não via. Então os gnomos e as salamandras se uniram para tirar o véu que encobria a verdade que era preciso ver.
- Vê criança, envoltas em nuvem mágica encontram-se  as palavras do viajor. Não vês a existência que te há de trazer tanta dor? Olha pequena, teu sangue real não te dá livramento da dor!
- Então por quê mostram à mim?Por quê deixaram vir...quisera não ter visto o que vi... preferia continuar a pensar que a ternura ainda era minha...
- Não sentes Princesa esta é a natureza dele, eterno sonhador que busca com palavras encantar, encobrindo assim a própria dor,  as espalha tal qual semente em solo fértil, depois não sabe cultivar... Teus sentidos avisaram, mas tu não quis perceber... não vistes a ausência se agigantar... o silêncio, não percebestes a diferença...

A princesa chora e com suas lágrimas dissipa ela o véu e então consegue realmente vislumbrar à triste verdade... as palavras não encantam mais , perderam o doce sabor.
A floresta se manifesta, a terra mágica não pode mais abrigar o viajor... ele tenta, mas suas palavras já não há mais o esplendor,  ele parte carregando sua própria dor.
A Natureza clama por da sua encantada flor que se fez tão transparente que a verdadeira intenção não vislumbrou, para que tenha forças para  lutar e encontrar o seu amor.
Mas na floresta encantada um canto triste ecoou.

By Eärwen Tulcakelumë

Te agradeço do fundo do coração por mais esta pérola que veio iluminar esta minha página. F. Neto


publicado por efeneto às 00:58
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Eärwen Tulcakelumë a 17 de Abril de 2007 às 20:37
Meu amigo, melhor presente para mim não poderia haver .
Beijo seu coração agradecida.
Eärwen


De needson silva a 20 de Setembro de 2007 às 16:52
eu gostei muito da sua imagem de floresta , e queria muito uma orientaçao sobre ela , como posso entrar em contato com a pessoa que criou essa imagem da floresta ?


muito obrigado
needson silva


De CasaNova a 8 de Maio de 2008 às 15:23
Gosto bastante deste Poema


Comentar post

*sou eu...


* ver o meu perfil

* seguir perfil

. 8 seguidores

*Já viu as horas?...

email27efeneto@sapo.pt

oferecido por:

http://estrelademim.blogs.sapo.pt/

*links

*posts recentes

* Mudança...

* Receber... e Dar.

* SÓ TU DOCE CRIANÇA

* Dia Mundial da Criança...

* Poesia... Sonhos e Verdad...

* RUÍNAS

* OLHO DE PERTO A TRISTEZA.

* Melancolia

* LÓLINDIR TINÚVIEL

* Uma Canção feita de Mim

* Para ti Mãe…

* VIDA NUMA LÁGRIMA PERDIDA

* Hei, Pai!...

* ...Poeta castrado, não!.....

* Libertação...ccc

* ...ter-te...

* A menina, o pássaro e a f...

* Sei que a Primavera vai d...

* Le temps d`un instant...

* O Vento...

*os meus blogs





Link-me!

*arquivos

* Junho 2007

* Maio 2007

* Abril 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

* Janeiro 2007

SAPO Blogs

*VISITAS OBRIGATORIAS